PianoClass Facebook Logo
.top-nav-bar
Contato e mais informações

Tags: ,

Repertório & Tempo

Você já esteve preocupado se poderia começar uma peça nova ou não daria tempo de terminá-la até o final das aulas? Ou se conseguiria administrar peças antigas, outras ainda estão em estudo e mais as que pretende começar?

Estas são preocupações normais para quem ainda não dominou a arte de planejar o estudo e o repertório em função do tempo. Mas fique tranquilo, aqui vão algumas dicas valiosas para você dar os primeiros passos conseguir começar e terminar músicas novas, enquanto mantém a amadurece o restante do repertório.

repertoriotempo2

Vamos considerar 4 pontos importantes sobre repertório e tempo de estudo:

#1 – Peças novas devem ser lidas em até 1 mês

O importante é escolher uma que tenha poucas novidades dentre o que você já está acostumado a tocar e seja de um tamanho razoável para inclui-la no seu tempo reservado ao piano.

Selecione algumas obras pertinentes ao que você está buscando no momento, ouça interpretações, leia as partituras e escolha aquela que você quer e pode tocar agora. Faça um planejamento bem realista do estudo [1 semana para planejar e aprontar a exposição + 1 a 2 semanas para o restante da peça + 1 semana para revisar a interpretação e ser capaz de tocá-la inteira, ainda que lenta].

Ah! Não tente achar que desta vez você fará diferente e ficará 4x mais tempo que o usual estudando. A peça deve caber no tempo que você costuma dedicar ao piano hoje em dia. Se a animação for tanta que você realmente fique mais tempo envolvido com a música, ela ficará pronta ainda mais cedo!

#2 – Tempo e experiência trazem o amadurecimento

Acelerar a música antes da hora e passar horas sobre o piano vão no máximo trazer tensão e vícios.

Apenas a experiência vai fazer com que uma peça já lida fique realmente madura. Monte um cronograma de estudo completo para ensinar o seu cérebro o hábito de tocar corretamente sempre e relembrar todos os detalhes da peça. Adicionando audições críticas, leituras e oportunidades de tocar a peça para outras pessoas você tem a receita perfeita para levá-la a um nível profissional.

Ou seja, um tempo mínimo ao piano, mais um pouco para pensar, ouvir e ler sobre a peça e por fim oportunidades de apresentá-la são tudo que você precisa nesta etapa.

#3 – Estudos planejados e consistentes ocupam menos tempo

Para manter uma peça antiga em dedos ou mesmo amadurecê-la, você não precisa fazer todos os estudos possíveis a cada dia. Um planejamento cuidadoso, de preferência feito com o seu professor, permitirá que você mantenha todos os elementos da peça sendo amadurecidos enquanto você trabalha, organiza a casa ou se diverte com seus amigos.

Basta que você aborde a peça por uma perspectiva diferente a cada dia e revise rapidamente a perspectiva do dia anterior para alimentar o seu subconsciente. Estas informações serão suficientes para ele trabalhar por você fora do piano.

#4 – Saber dizer não para poder dizer sim

 Seja você um pianista profissional ou amador, é preciso selecionar as peças que você vai dar atenção. Tanto faz se você tem 30 minutos ou 8 horas para o seu piano a cada dia, precisará escolher quais peças serão trabalhadas de cada vez. Pense em sempre ter pelo menos 1 peça pronta para tocar, 1 peça sendo amadurecida e 1 peça nova. A quantidade total vai depender principalmente do seu desejo de tocar e da sua agenda.

Defina quanto tempo você pode dedicar ao piano e distribua seu repertório nele. Se não couber, diga “agora não” para algumas peças antigas e guarde-as na gaveta (elas podem voltar em oportunidades futuras). Faça uma lista do repertório que você pretende trabalhar e diga “sim” às obras que são realmente importantes para você agora.

repertoriotempo

Aproveite seu tempo ao piano e divirta-se!

Com a ajuda de um bom professor você poderá organizar o seu repertório e planejamento de estudos de uma forma bem eficiente, mantendo suas músicas favoritas e começando peças novas que ficarão prontas rapidinho. Depois é só curtir cada segundo de experiências fantásticas junto ao seu piano, sejam elas de sons, amizades, cores, saudades, sabores, paixões, …

Se você ainda não tem um professor que possa oferecer esta orientação, monte um plano de aulas personalizado conosco. Ficaremos muito felizes em ajudar.

 

 

Comunidade Piano Class

Gostou do nosso Blog? Aproveite para fazer parte da nossa comunidade e fique a par de novos artigos, lançamento de e-books, vídeos e promoções.