PianoClass Facebook Logo
.top-nav-bar
Contato e mais informações

Julio Machado

      Nascido na cidade do Rio de Janeiro, tive a felicidade de contar com grandes nomes do cenário musical para a minha formação artística. Frequentei a Escola de Música Villa-Lobos na década de 80 e, na de 90, a Escola de Música da UFRJ, onde fiz amigos dentre os músicos mais talentosos da minha geração.

      Ao lado do pianista e, acima de tudo, inigualável artista, Luiz Henrique Senise, pude desvendar os caminhos que a partir da compreensão do texto musical levam à facilidade técnica para a realização plena de uma música. Observei, por experiência pessoal e também através dos meus colegas, que um estudo mecânico de técnica pianística, se não é nocivo à alma do artista (e acredito que o seja), é totalmente desnecessário para a execução de qualquer obra pianística.

      Na UFRJ tive também a honra de estar na classe da pianista Miriam Grosman. Possuidora de uma perspicácia artística incomum, poucas palavras ou alguns instantes ao piano lhe bastavam para abrir um mundo de novas ideias e possibilidades. No lugar da tarefa fácil de restringir a minha liberdade interpretativa e ditar a sua própria visão (crime cometido pela maioria dos professores), ela me ofereceu um horizonte amplo de possibilidades, que eu aproveitava a cada palavra.

      Sempre com sede de ouvir boas ideias musicais, fui um frequentador assíduo de concertos e master classes. Pude ouvir e ser ouvido por pianistas como Arnaldo Cohen, Olga Kiun, Luiz Carlos de Moura Castro (USA), Homero Magalhães, Frederick Moyer (USA), Mauricy Martin, Dominique Merlet (França), Olinda Alessandrini, Gayane Sharluyan (Rússia-Espanha), Heitor Alimonda, Frank Weinstock (USA) entre outros.

      Houve também a época dos concursos de piano. Sempre premiado entre os primeiros lugares, passei também pelos concursos “Artlivre”, “Paulo Giovanini”, “Lorenzo Fernandez” e “Souza Lima”. No de “Governador Valadares” tive a felicidade de além da premiação geral receber das mãos do pianista Fernando Lopes os prêmios especiais de melhores músicas brasileira e romântica de todo o concurso pela minha interpretação da Sonata Breve (Lorenzo Fernandez) e Polonaise-Fantaisie op.61 (F. Chopin).

       Com a pianista Fernanda Machado terminei por refinar o meu gosto por dar aulas, iniciado com a minha monitoria de piano na UFRJ. Formamos em 1998 a PianoClass com o desejo de nos tornarmos referência no ensino de piano e arte. Além de incontáveis master classes e cursos na UFPel, ofereci sozinho, ou com a participação da Fernanda, master class na UDESC, palestra para o curso de pós-graduação do Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro e para o curso de graduação na UFSM – sempre junto a um recital, conjugando a atividade docente com a de pianista.

      Em Istambul me apresentei ao lado da pianista Fernanda Machado (Duo PianoClass) em recital e master class oferecido na Mimar Sinan Fine Art University. O master class, com sala cheia, contou com a apresentação de excelentes alunos daquela universidade. Já em Amsterdam, nos apresentamos com a palestra “The Composer’s Text through the Performer’s Mind and Soul”, dentro de uma série de eventos organizados pela prestigiosa Triple Nine Society. Contamos com a participação especial da cantora e pianista Anne-Laure Jaïn para as músicas de canto e piano e a seis mãos.

Saiba mais sobre as nossas aulas de piano via Internet

Julio Machado

Pianista e Professor na PianoClass
Julio Machado, pianista

JULIO MACHADO
F. Chopin, Polonaise-Fantaisie, op.61


O. Lorenzo Fernández, Sonata Breve


F. Schubert, Fantasia em fá menor, op.103