PianoClass Facebook Logo
.top-nav-bar
Contato e mais informações

Apresentação

Este é um curso de música altamente interativo, desenvolvido para alunos interessados em diferentes atividades musicais que envolvam composição e criação. O papel do compositor musical é, hoje em dia, uma folha em branco: inúmeros tipos de tarefas criativas lhe são constantemente designadas, muitas vezes de maneira simultânea em um mesmo projeto. Sendo assim, a versatilidade profissional é uma das características mais importantes a serem desenvolvidas no estudante de composição, que deve saber lidar com disciplinas tradicionais da aprendizagem musical, como orquestração, harmonia e contraponto; mas também com outras atividades relacionadas à criação e difusão de seu trabalho, como edição de partituras, prática de estúdio, informática musical e produção cultural.

Sendo um curso personalizado, o trabalho criativo do aluno é considerado como ferramenta fundamental para o percurso dos estudos a serem seguidos nos encontros com o professor. Em suas opções criativas, na música que faz e nos anseios que manifesta (onde quer difundir sua música, com que artistas quer desenvolver projetos conjuntos…), o aluno acaba por sugerir ao professor um caminho de ensino específico, possibilitando o maior aprofundamento nos assuntos pertinentes a cada momento.

Seja qual for o caminho principal a ser percorrido com determinado aluno, um componente metodológico importante do curso será sempre a intervenção do professor em relação aos seus próprios saberes, como uma espécie de contrapeso dialético para as atividades que o aluno vier a desenvolver durante o curso. Desta forma, há uma série de aulas de conteúdo expositivo previamente preparadas pelo professor, as quais serão adaptadas e apresentadas ao aluno quando se mostrarem convenientes. A intenção deste contrapeso é tornar o curso uma fonte rica e atualizada de informações para o aluno, ao mesmo tempo em que o permite trabalhar musicalmente de acordo com seus próprios anseios criativos – onde espera-se que ambos, aluno e professor, consigam relacionar efetivamente a ideias em jogo durante as aulas, gerando um conhecimento original e instigante a cada encontro.

Objetivos

Apesar de seu caráter interativo mencionado acima, alguns objetivos pedagógicos gerais podem ser definidos para este curso, seja qual for a configuração que ele venha a ter de acordo com o trabalho desenvolvido por cada aluno. Tais objetivos são:


1) Competências técnicas

1.A. Claridade: expressar música lucidamente, com segurança e definição que sejam inteligíveis através da escuta;

1.B. Coerência: alcançar, nos trabalhos criativos, uma relação esteticamente interessante e consistente entre as partes e o todo;

1.C. Escrita idiomática: conhecer em profundidade as características específicas dos instrumentos musicais com os quais o aluno queira trabalhar, explorando-as conscientemente na realização de seus projetos;

1.D. Orquestração: Arranjar, manipular e coordenar instrumentos e vozes diferentes;

1.E. Produção cultural: adaptar-se à realidade sociocultural de seu tempo e lugar, encontrando espaços e parceiros para a divulgação de seu trabalho e tornando-se profissionalmente ativo e independente.


2) Competências criativas

2.A. Fluência conceitual: Formar ideias, planos ou conjuntos de informações a partir de materiais discutidos em aula;

2.B. Originalidade: Desenvolver uma abordagem criativa relativamente única e individualizada;

2.C. Auto-crítica: Formular e expressar um julgamento sofisticado em relação ao seu próprio trabalho.


Metodologia

Atividades do aluno: desenvolvimento constante (todos os dias, em casa) de trabalhos composicionais de acordo com seus interesses pessoais e profissionais. Tais trabalhos podem envolver qualquer tipo de música (instrumental, eletrônica, mista) e modo de produção (escrita, improvisada, gravada…). Entretanto, a definição dos trabalhos será feita em conjunto com o professor a partir das discussões feitas em aula.
Aulas: um ou dois encontros semanais (presenciais ou via Skype) com o professor. Nestes encontros será discutido o trabalho desenvolvido pelo aluno, e também haverá aulas expositivas sobre questões pertinentes  a esse trabalho. As aulas expositivas versarão principalmente sobre a música de concerto desde a Renascença até a contemporaneidade, sempre de maneira diretamente relacionada com o trabalho do aluno.
Atividades conjuntas: busca constante por espaços de apresentação dos trabalhos do aluno, seja em concertos, shows ou espetáculos variados.

Possibilidades de estudos específicos (aulas expositivas):

Textura: tipos de texturas musicais desenvolvidas ao longo da História;
Forma: estudo especulativo sobre a relação entre a forma configurada pela análise e o conhecimento composicional;
Fraseologia: princípios de criação melódica e sua ação em larga escala na composição musical;
Contraponto e harmonia: princípios históricos e técnicos;
Orquestração/instrumentação: estudo pontual de tratados e partituras relevantes a este tópico;
Repertório: levantamento e discussão de repertórios de qualquer gênero, tempo e lugar;
Narratividade musical: estudo experimental das possibilidades criativas da análise.

Obs.: cada um destes tópicos pode tomar uma quantidade indefinida de aulas expositivas e alternar com outros conteúdos, de acordo com o discernimento do professor e com o interesse do aluno. As aulas expositivas serão realizadas com o auxílio de slides digitais, partituras e gravações.

Bibliografia recomendada:


ADLER, Samuel. Workbook: for the Study of Orchestration, Third Edition (no. 1). W. W. Norton & Company.
ALMADA, Carlos. Harmonia Funcional. Campinas: Unicamp.
_____. Arranjo. Campinas: Unicamp.
CANCLINI, Néstor Garcia. Culturas Híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: EDUSP.
DALLIN, Leon. Twentiwth Century Composition: a guide to the materials of modern music. 3 ed. Dubuque: Brown Company Publishers, 1974.
FERRAZ, Sílvio. Notas, atos, gestos. São Paulo: 7Letras.
HINDEMITH, Paul. The Craft of Musical Composition. Schott.
KIEFER, Bruno. Elementos da Linguagem Musical. Porto Alegre: Movimento
_____. História e Significado das Formas Musicais. Porto Alegre: Moviemento.
KOELLREUTER, Joachim. Introdução à Estética e à Composição Musical Contemporânea. Porto Alegre: Movimento.
KOHS, Ellis. Musical Composition: projects in ways and means. London: The Scarecrow Press, 1980.
_____. Harmonia Funcional. Ricordi do Brasil.
SCHOENBERG, Arnold. Harmonia. São Paulo: Unesp.
_____. Style and Ideas: selected writings. University of California Press.
_____. Fundamentos da Composição Musical. 3. ed. São Paulo: Edusp, 2012.
STONE, Kurt. Music Notation in the Twentieth Century.  W. W. Norton & Company.
TARGTENBERG, Lívio (org.). O Ofício do Compositor Hoje. São Paulo: Perspectiva.
STEVANCE, Sophie (org.). Composer au XXI siècle. VRIN.

Saiba mais sobre as nossas aulas de piano via Internet

Professor

Bruno Angelo - Compositor e Professor PianoClass
Modalidades de aulas
Presenciais e Via Skype

Planos de aulas
Valores das aulas e inscrições

Encomende uma música ou arranjo
Conheça as composições